A Samaúma é uma árvore nativa da América Central, África Ocidental e do norte da América do Sul. Reverenciada por diversos povos indígenas brasileiros, assim como os Maias no México, já recebeu diversos títulos: “A árvore da vida” para os Maias, “A  mãe da floresta”, “ A mãe dos rios”, “A escada para o céu”…

E não é por menos, essa árvore é uma verdadeira rainha da Amazônia com uma imponente e majestosa estrutura. Sua altura varia de 60 a 70 metros, mas pode chegar a alcançar até 90 metros de altura, além disso, seu tronco pode atingir cerca de 3 metros de diâmetro.

Mas o tamanho não é a única característica impressionante desta beldade da natureza. Graças a sua capacidade de coletar água das profundezas do solo ela consegue abastecer a si mesma e outras plantas ao seu redor, irrigando e nutrindo a todos.

Além disso, as fibras de suas sementes se tornaram uma forma de substituir o algodão, e seus frutos são utilizados para a produção de enchimentos e estofados de travesseiros e almofadas.

Ela ainda tem propriedades medicinais. O chá de sua casca é diurético e diferentes partes da árvore ajudam no tratamento de doenças como artrite, bronquite e conjuntivites.

Não satisfeita em nutrir, irrigar e curar os seres ao seu redor,  a samaúma também serve de  abrigo e habitação para  povos indígenas e populações locais. As raízes e ramificações, formam compartimentos altos sobre o solo que permitem o aconchego humano.

Uma das maiores árvores da floresta Amazônica, sagrada e cultuada por diversos povos,  a samaúma impressiona e encanta turistas, ela é símbolo de força e proteção para todos que habitam suas terras.

Fonte: Hypeness

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *