Rios que voam na Amazônia? Como assim?

Por ser uma floresta tropical, a Amazônia concentra uma alta umidade no seu ar. Isso está diretamente relacionado com a quantidade de árvores que existem na região.

É impossível calcular da quantidade de árvores existentes nesse bioma, mas são centenas de milhares espalhadas por toda a extensão da floresta.

Entre as espécies conhecidas e catalogadas pelos especialistas estamos falando de mais de 6 mil espécies diferentes. Algumas delas têm raízes que conseguem penetrar cerca de 30 metros o solo, retirando assim toda a água necessária.

Os troncos e galhos funcionam como tubulações levando essa água até as flores, que por sua vez transpiram e jogam toda essa umidade no ar.

Cada árvore chega a bombear cerca de 500 litros de água no ar por dia, totalizando 20 bilhões de toneladas de água lançados no ar diariamente na Amazônia.

Parte dessa água volta ao solo em formato de chuva e outra parte é transformada nos “rios voadores”, representados em grandes nuvens que sobrevoam a região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *